Da série: lugares que eu gostaria de conhecer

Eu tenho muitos sonhos. Muitos mesmo! Me casar, conquistar realização profissional, ter filhos e… Viajar! Quero muito conhecer alguns lugares do mundo e, por isso, decidi começar essa série aqui no blog. Até hoje eu nunca fiz uma viagem internacional, mas, quando fizer, torço para que seja  para um desses destinos…

Maldivas

MALDIVAS

A República das Maldivas é um pequeno país ao sul do continente asiático, constituído por 1.196 ilhas, das quais 203 são habitadas. Mas, também pode ser chamado de paraíso, se você preferir.

Grécia

GRÉCIAUma porcentagem importante do PIB (Produto Interno Bruto) da Grécia vem do turismo, então nada mais natural do que tudo ser mais do que lindo por lá. Em 2011, Santorini foi eleita a “melhor ilha do mundo” na Travel + Leisure. A ilha vizinha de Mykonos ficou em quinto lugar na categoria europeia.

França

FRANÇA

Simplesmente o lugar mais romântico da Terra. Seja em Paris ou nos alpes, o país exala romance. E o melhor: dá para ir tanto no verão, quanto no inverno. Na França tem atrações para todos os tipos de clima.

Chile

CHILEConfesso que eu não dava muito bola para o Chile, mas meu namorado sempre falou muito de lá porque ele morre de vontade de conhecer. Então, quanto mais eu pesquisava sobre o país, mais eu me apaixonava. Hoje, é um dos lugares que mais tenho vontade de ir.

Vocês sonham em conhecer algum lugar?

 

 

O que eu levei na mala da praia

A viagem que fiz para a praia no final de semana passado rendeu post para a semana inteira. Hoje, vou contar como arrumei minha mala, já que não sabia se ia fazer frio ou calor. Aliás, esse é o maior problema de viajar para o litoral fora de temporada: fica complicado saber o que vestir. A parte boa é que não tem aquele monte de gente que sempre aparece no alto verão. Então, resolvi separar a mala por looks prontos porque achei que ficaria mais fácil na hora de me arrumar. Afinal, não queria perder muito tempo e nem deixar todo mundo me esperando na hora de sair.

Sempre que viajo, levo coisas de mais e me arrependo porque acabo não usando quase nada. Dessa vez, como fomos passar só dois dias, decidi exercitar a minha capacidade e fazer uma mala pequena. Eu fui com aquela roupa que já postei por aqui, então achei que não precisava levar mais nenhuma calça. Também queria produções arrumadinhas e meio multiuso: para usar tanto se fizesse frio ou calor. Vale lembrar que estávamos na praia, né? Então, por mais frio que fizesse, não ia gear…

*Monocromática: top com aplicação de renda (Mirôa), cardigã (Zara), saia mullet plissada (Renner) e sapatilha bicolor #amo (Dijean).

Usei essa roupa no domingo, depois que voltamos da praia. Primeiro, fiquei só com o top, a saia e a sapatilha (mesmo sendo praia, achei melhor levar sapatos mais fechadinhos (nada de rasteirinhas) porque morro de frio nos pés) e saí para jantar assim. Depois, quando anoiteceu e estávamos nos preparando para voltar para São Paulo, esfriou um pouco e eu coloquei o cardigã.

*Mix de estampas: top de poás, jaqueta jeans, saia longa preta (Marisa) e sleeper de onça (Cravo e Canela).

Essa combinação eu acabei nem usando porque fiquei o sábado com a roupa que fiz a viagem e o domingo com essa de cima. Mas, achei que podia levá-la para ter opção: se fizesse sol com aquele ventinho na sombra, ela seria perfeita. E depois era só colocar a jaquetinha por cima para voltar para São Paulo à noite.

*Laranja mecânica: biquíni (Mirôa) e chinelos (Havainas). Esqueci de fotografar a saída de praia, era uma branquinha com leve transparência.

Adoro esse biquíni porque valoriza bem o colo, e quem não tem o seio muito grande pode tirar a alcinha e usar como tomara-que-caia. Também gosto muito dessa parte de baixo por não ser muito fininha, fica ótimo em quem tem o quadril mais largo assim como eu. E o chinelo é caso de amor, foi presente do namorado.

De maquiagens, procurei levar só o essencial. Mas, ainda assim, exagerei:

Trio de sombras de cores neutras (Abelha Rainha), corretivo (Abelha Rainha), pó facial que eu uso como blush (Gioconda), sombra individual preta #praquê? (Abelha Rainha), rímel preto (Colossal, da Maybeline), rímel incolor (Abelha Rainha), curvex, batom vermelho (Abelha Rainha) e batons pink e rosa (Avon, os dois).

Muita coisa, né? No final das contas, acabei usando só o rímel preto e o incolor, blush, curvex e o batom vermelho, que passei dando batidinhas com os dedos para não ficar muito forte. O resto ficou encalhado na necessaire.

Claro que levei mais coisas, como a necessaire de banho, por exemplo, que é sempre muito útil na praia, mas que eu esqueci de fotografar. Tinha shampoo, condicionador, creme para pentear, óleo de argan, escova de cabelo, hidratante para o corpo, para as mãos e para as unhas, desodorante e produtos de higiene pessoal.

Jeans, cardigã e neon

Fui para praia nesse final de semana com meu namorado e dois casais de amigos. Sim, praia no inverno*. Isso só é possível porque moro no Brasil. Então, mesmo que estivesse indo para o litoral, achei melhor escolher uma roupa mais de meia estação para viajar, porque nunca se sabe… Saímos de São Paulo no fim da tarde de sábado e fiquei com medo de esfriar na estrada.

Usei essa calça jeans que comprei em uma promoção na Marisa e um top de renda verde neon por baixo daquele cardigã novo da Renner, que já mostrei por aqui. E gostei tanto dessa combinação! Bem confortável, mas não achei nada óbvia. E perfeita para viajar.

Nos pés, coloquei essa sapatilha verde clarinha com detalhe de snakeskin e fivelas douradas. Mais conforto, impossível! O que foi ótimo porque assim que chegamos já fomos logo para o mercado comprar tudo que precisávamos e em seguida já começamos uma festinha no apartamento (com direito a “mini shot” de tequila e Imagem & Ação)… Quando vi, fiquei com essa roupa a noite inteira e nem me incomodei. Gosto assim!

Escolhi poucos acessórios para complementar. Afinal, estava indo para a praia, né? Brinquinho fofo de coração que ganhei quando fiz quinze anos e esse anel dourado que eu adoro. Tirei a foto assim que me troquei, logo que saí do banho, por isso estou com o cabelo molhado. Mas ele já estava seco quando pegamos a estrada.

*No próximo post, mostro as fotos da viagem. Apesar de ser baixa temporada foi tudo muito gostoso…