Beauty twins

Passendo pelo site da Glamour Brasil vi uma matéria muito interessante sobre versões baratinhas para cosméticos famosos, que me fez desejar um monte de novos itens de beauté, e resolvi compartilhar por aqui.

Muitíssimo bem escrita por Carol Carneiro, a matéria mostra uma série de produtos que a gente já ouviu falar bastante, mas que, em alguns casos, ainda não pudemos experimentar porque o preço não é lá dos melhores! #eufemismos

Mas, o melhor é que ela apresenta opções bem parecidas para esses produtos com um precinho bem mais amigo e resultado bastante semelhante. Ou seja, custo benefício MARA!

3-sombra
O “genérico” que mais me deixou tentada foi, de longe, a paleta Nude on Nude (R$52), da Nyx, que a matéria mostra como uma versão (melhorada, na minha opinião) da famosa paleta Naked (R$ 250), da Urban Decay. Tô muito curiosa! Louca para comprar, mas ainda não consegui encontrar em nenhuma loja online…

Quando saiu a Naked, confesso que fiquei curiosa, mas nada de especial. Já com a Naked 2 eu me animei mais, mas ainda assim nada de anormal – mesmo com todo o fuzuê em volta das duas. Mas, agora eu fiquei doida com a Nude on Nude porque, segundo a matéria, ela pode ser considerada uma junção das duas Naked’s e, melhor, ainda vem com dez cores de batons! Morri.

blush
Outra versão que me deixou bastaaaante curiosa foi a do blush Orgasm (R$ 112), da Nars… Diz a repórter que o Felice (R$48), da Tracta, tem as mesmas partículas de brilho douradas e é ainda mais pigmentado que o primeiro. E por menos da metade do preço! Será? Só experimentando para saber!

2-iluminador
Já tinha escutado falar que o iluminador Fashion Show (R$22), da Yes! Cosmetics, era uma versão mais barata do High Beam (R$119), da Benefit. Inclusive, houve boatos de que talvez a Yes! Cosmetics tenha se inspirado demais no design da embalagem – se é que vocês me entendem – do produto da Benefit. Polêmicas à parte, a matéria conta que ele é um pouco menos pigmentado, mas é basta aplicar uma ou duas gotinhas a mais para ter o mesmo efeito.

blush2
Se tem uma coisa pela qual sou obcecada é feito efeito de luz e sombra na maquiagem. Quem me conhece sabe que acho liiindo liiindo liindo! Por isso, até tenho diversas paletas para esse fim, mas quando vi Victoria Ceridono em um dos seus vídeos usando o Shade and Illuminate (R$ 156), do Tom Ford, pirei! Mas, só pirei mesmo… Porque comprar com esse preço é impossível. Por isso, fiquei feliz da vida de ver que existe uma versão genérica: o blush Sun Kiss Opaco & Shine (R$ 72), da Contém 1g.

6-corretivo
Outra coisa que me deixou contente foi descobrir que, sem querer, eu já tenho um gêmeo do corretivo iluminador Touche Eclat (R$ 190), da YSL. O Flash Iluminador (R$ 55), d’O Boticário é realmente uma maravilha e eu uso seeeempre, principalmente quando quero disfarçar as olheiras de maneira discreta e iluminar o olhar. É perfeito!

4-delineador

E para encerrar, uma opção nacional para substituir o delineador em gel Fluidline (R$ 79), da M.A.C. De acordo com a matéria, o Delineador em Pasta (R$ 43), da Contém 1g, é “tão perfeito quanto o original, sem tirar, nem por!”

Por aqui, eu coloquei só as versões que me deixaram mais curiosas, mas lá na matéria do site da Glamour ainda tem dicas de substitutos para o Ruby Woo, Moroccanoil, Phenomen’Eyes e água termal La Roche-Posay. Corre lá para conferir!

Fotos: Site Revista Glamour

Oscar 2012

Aconteceu ontem a premiação máxima do cinema americano, o Oscar, e em função disso eu separei alguns dos vestidos que mais me chamaram a atenção. A começar pelo meu favorito entre todos, o maravilhoso Zuhair Murad de Jennifer Lopez. Ela que costuma pecar em suas aparições públicas pelo excesso estava impecável nesse vestido e usando um penteado que eu amo de paixão porque sempre funciona, fica lindo e chique. Para completar, maquiagem e acessórios discretos… Perfeita!

Devo confessar que, apesar de ter eleito a produção de J-Lo como minha favorita, o páreo fui duro. Como não amar o vestido de Milla Jovovich? Ainda mais sabendo que é um Elie Saab. Faz meu coração bater mais forte… Mas, acho que a grande escorregada de Milla foi na maquiagem: linda e clássica, sim, mas com a pele muito carregada. Com um pouco menos teria ficado perfeito!

Outra linda da noite foi Penélope Cruz, que usou Armani e acertou em cheio em apostar no volume. Apesar de lindo, o penteado a envelheceu. A maquiagem discreta foi uma boa solução para a produção não ficar dramática demais.

Agora, as duas boas surpresas da noite: Stacy Kleiber (mais conhecida com a namorada de George Clooney), linda nesse Marchesa dourado. E Octavia Spencer, num Tadashi Shoji que balanceou suas proporções.

Quem também surpreendeu foi Rooney Mara, que apareceu num Givenchy Couture branco! Não fiquei apaixonada pelo vestido, mas vê-la numa cor clara foi um alívio tão grande que já a fez ganhar pontos comigo. Menção honrosa para o maquiador da atriz… Gente, o que é esta pele? Quero uma igual para ontem! 

Encabeçando a lista de atrizes que não usaram nada de interessante estava Angelina Jolie, num longo Versace com cara de já não te vi usando isso antes?Natalie Portman usou um Dior vintage (1954) que também não tinha nada de especial, o destaque da produção ficou por conta das belíssimas jóias. E Sandra Bullock pode até ter usado Marchesa, mas o combo p&b + rabo de cavalo + maquiagem leve a deixou discreta demais.

Tina Fey apostou num longo Carolina Herrera azul marinho com peplum. O cabelo e os acessórios estavam perfeitos para complementar o modelo, que a deixou muito elegante. Acho que poderia ter ousado mais na maquiagem, mas acho que não faz muito a linha dela. Não saiu da zona de conforto, mas também não errou.

No time das que tentaram inovar estavam Emma Stone, vestindo Giambattista Valli, e Gwyneth Paltrow, de modelo Tom Ford. Nenhuma das duas parecia confortável. Fiquei com a impressão de que a roupa as vestiu, e não o contrário como deveria ser.

Para mim, os deslizes ficaram por conta de Cameron Diaz, que usou um Gucci que tinha tudo para ser lindo, mas que por algum motivo não rolou. Acho que foi essa cor. Ou talvez ela ainda não tenha se acertado com esse corte de cabelo. Me julguem, mas Jessica Chastain usou um vestido Alexander McQueen que considerei desastroso. Já Michelle Williams apostou num Louis Vuitton de cor indefinida com um detalhe de lacinho que até agora não consegui engolir.

Mas, na minha opinião, a decepção da noite foi Meryl Streep. A atriz que ganhou o Oscar de Melhor Atriz pela sua atuação no filme “A Dama de Ferro” usou um Lanvin dourado que não contribuiu em nada para seu status de grande vencedora da noite. Achei o tecido grosseiro e o corte um tanto estranho… Mas, ela estava com um cabelo e uma maquiagem tão adequados que eu fingi não ligar para o que ela estava vestindo. Afinal, ninguém é perfeito…