Sobre barrigas negativas e thigh gaps

Sim, eu também quero sem magra. Também quero ter um corpo bacana e me achar incrível em qualquer roupa. Não quero mais me preocupar se o meu braço parece um filhote de hipopótamo em cada foto que tirar e odeio me preocupar com isso toda vez que rola um flash.

Mas, peraí. Daí para desejar uma barriga negativa e um thigh gap tem chão.

barriga negativa da modelo Candice Swanepoel

“Barriga negativa” da modelo Candice Swanepoel

Não bastasse a moda nos dizer que devemos todos nos vestir do mesmo jeito, nos comportar do mesmo jeito e usar somente o que for tendência, o universo de beleza agora vem pregar que você só é linda se tiver a tal barriga negativa, o espaço entre as coxas, a virilha sarada (???). Gente, qual é?

Não adianta mais só ser magra e saudável. Você tem que ostentar um corpo elevado á máxima potência – essa é a nova tendência. Se antes tudo que a gente devejava era sentar sem fazer dobrinhas, malhar o suficiente para poder comer o que tiver vontade e entrar em uma calça jeans tamanho 38, hoje, o negócio é bem diferente.

thigh gap

Thigh gap (esse espaço entre as coxas) virou uma febre entre as adolescentes americanas

Você não é cool se não toma um copo de suco verde em jejum todo santo dia. E não é aquele suquinho verde gostoso que você toma em um dia de calor para se refrescar, não. É um copo de salada batido no liquidificador. Todo dia. Em jejum.

Você também não é cool se não faz a louca da academia, que toma Whey Protein com farinha, se alimenta sempre pensando em maximizar o benefício da ingestão de calorias e veste P. Às vezes PP.

Só é legal quem posta foto de barriga sarada no Instagram. Ou de pernas separadas. Enquanto isso, o resto de nós vai tentando se conformar em não ser tão legal assim… Em mostrar uma gordurinha aqui e ali de vez em quando. Em ter as pernas juntas. Em não malhar a virilha (sério, gente, essa da virilha me deixou passada!).

Para mim, o importante mesmo não é ter esse corpo ostentação. E olha que tô longe de estar feliz com o meu peso, vocês sabem. Mas, acho que já é suficiente emagrecer numa boa, só para me sentir bem com o meu guarda-roupa e com o espelho. Mas, claro que para a #geraçãoqualquercoisa isso não passa de preguiça da minha parte porque não tenho força de vontade para acompanhar o ritmo. O famoso recalque.

Ah, tenha dó…

Leia também:

Anúncios

Minha receita de suco verde

Vocês devem ter reparado que o #projetomanequim38 está em pausa. Pois é, ainda não perdi todos os quilos que gostaria, mas decidi dar um tempo na dieta até marcar uma entrevista com o médico para ver se está tudo bem antes de continuar.

Mas, isso não quer dizer que larguei tudo e estou me jogando como se não houvesse amanhã. Dos dez quilos perdidos no período que estava tomando Herbalife, recuperei somente dois e estou mantendo meu peso há mais de dois meses.

Uma coisa que tem me ajudado bastante e a ingestão de muito líquido. Vira e mexe via alguém comentando sobre os tais sucos verdes, mas nunca me animava com nenhum – porque todos pareciam uma salada batida, eca! Até que decidi criar a minha própria versão e… voilá!

suco verde

Limão, maça verde e hortelã batidos com muito gelo e um pouco de água.

Já fiz algumas vezes e é uma delícia. Principalmente neste calor porque é bem refrescante. Às vezes, substituo o café da manhã por um copo desse bem cheio. E tão gostoso que só me lembrei de tirar a foto depois que já tinha tomado metade.

Outra coisa que também tenho tomado bastante é chá preto com limonada.

chá verde com limonada

Esse da foto é da Starbucks, mas tomo muito do Matte Leão também. Embora saiba que contém cafeína, preciso admitir que estou viciada. Tomo todos os dias e adoro.

E vocês, tem alguma receita gostosa de suco verde ou chá gelado?

Leia também:

#projetomanequim38: SORTEIO!

Hoje é uma sexta-feira muito feliz! Há algum tempo que venho prometendo uma surpresa para vocês quando completasse os dez quilos perdidos e… Esse dia chegou!

Essa semana eu eliminei 800g e estou pesando 68,4 kg. Com isso, posso dizer oficialmente que perdi exatamente 10,2 kg em três meses de dieta. Não poderia estar mais feliz!

E, para comemorar, decidi dar uma forcinha para quem também está na luta para perder peso. Em parceria com a Herbaloja, vou sortear um shake da Herbalife para vocês.

Para participar é fácil: basta curtir a fanpage do blog  no Facebook, curtir a fanpage da Herbalojadeixar um comentário nesse post e preencher o formulário abaixo com nome completo e e-mail.

O sorteio será realizado no dia 24 de janeiro.

Nós entraremos em contato e a ganhadora poderá escolher o sabor de sua preferência que a Herbaloja irá enviar para ela. Ah, o sorteio é válido somente para território nacional, ok? E, caso eu não consiga entrar em contato com a vencedora dentro de uma semana após o sorteio, um novo nome será sorteado.

Me diz se esse não é um baita empurrão para cumprir aquela promessa de perder peso no Ano Novo, hein?

Leia também:

Dietas de revista funcionam?

{ECD8F7F5-3497-400D-9591-6A4C804E0774}Leque_revistas

Muitas dietas prometem um emagrecimento rápido e eficaz, principalmente as de capas de revista. Na verdade, qualquer dieta que promete uma grande perda em pouco tempo, deve ser pesquisada a fundo, merecendo um alerta. Não devemos condenar todas as dietas só porque saiu em um site ou revista, mas também não devemos seguir à risca tudo o que falam. Primeiro, porque nem toda dieta é realmente saudável. Segundo, porque uma dieta que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra da mesma maneira, pois os metabolismos e estilos de vida são diferentes. Ou seja: uma dieta que funciona para uma amiga pode não dar certo para você e vice versa.

Nutricionistas alertam

O problema não está em adquirir as revistas, pois estas podem servir para ter mais conhecimento de como adaptar o cardápio. O problema é quando a pessoa se dedica somente a estas novas dietas, sem recomendação médica, e cortando alimentos do cardápio. Não abandone uma alimentação balanceada para seguir dietas desconhecidas, sem saber ao menos o real valor calórico dela, ou outras informações importantes. E para saber exatamente, é necessário consultar a opinião de um nutricionista.

Muitas dietas podem ser seguidas, sim, e ajudam mesmo a emagrecer, mas não ao pé da letra, pois podem trazer mais prejuízo do que benefício. Antes de tomar alguma medida sobre a sua alimentação, consulte um médico e principalmente, não siga as dietas sem fazer adaptações: Uma dieta pode trazer resultados mais positivos se você colocar um toque pessoal nela do que seguindo do jeito que ela é.

Reeducação alimentar e os últimos quilos a perder

Independente da dieta escolhida seja ela recomendada por um nutricionista ou retirada de alguma revista, a reeducação alimentar precisa continuar de pé. Desta forma, é possível manter um emagrecimento gradual e saudável, a prazos prolongados, evitando o efeito sanfona. Se for conciliada com exercício físico, é ainda mais garantia de sucesso. Uma dieta saudável faz perder no máximo, até 4kg por mês, sem oferecer riscos para saúde.

Dieta é pessoal: um método que funciona para uma pessoa pode não servir para outra.

E para perder os últimos quilos indesejados, vale investir em dietas de revistas? Até vale, seja qual for: dieta das proteínas, do shake Herbalife, dos pontos, reeducação alimentar: é importante saber que não se deve cortar nenhum alimento da dieta por muito tempo, e sempre consultar a opinião de um médico antes de entrar de cabeça noemagrecimento.

#projetomanequim38: dieta x stress

Mais uma sexta-feira chegou e com ela mais um post do #projetomanequim38.

Estou passando por um período de mudanças muito grandes e, com isso, ando bem estressada ultimamente. Por isso, confesso que achei que iria continuar empacada na balança ou até mesmo ganhar peso.

stress x dieta

Mas, não! Perdi 300g. Pouquinho, eu sei. Mas é melhor que nada! Hoje o projeto completa três meses e meu peso atual é de 69,2kg. Mesmo tendo emagrecido pouco essa semana, fiquei feliz. Ao todo, perdi uma média de três quilos por mês.

Mesmo estressada nessa semana não me dei o luxo de sair da dieta. Continuo firme nos shakes da Herbalife, sempre fazendo pequenos lanches entre as refeições principais. Só mesmo os exercícios físicos que ainda são um problema…

Acho que daqui para frente vai ser mais difícil perder peso. Como uma leitora (e amiga! Um beijo, Guaci!) bem observou em um comentário no post passado “quando estamos bem acima do peso, é fácil perder uma porrada de quilos de uma vez porque o organismo está literalmente sobrecarregado”. Depois que atingimos um peso quase ideal, o corpo começa a perder peso mais devagar porque entende que estamos “magras”.

Mas, isso não é motivo para desistir, nem para desanimar. De pouquinho em pouquinho eu chego lá! O processo de emagrecimento é uma mudança de hábitos e eu já incorporei algumas mudanças na minha rotina. Força e foco!

PERDA TOTAL (até o momento): 9,4 kg.

Leia também:

Quer eliminar alguns quilinhos?

shake_capa

Shakes Herbalife

O grande problema de quem está de dieta é perder peso, já que na maioria das vezes o corpo apresenta certa dificuldade para eliminar os quilos. Na maioria dos casos, a pessoa começa perdendo peso rápido, depois as coisas começam a ficar mais lentas até que muitas vezes ocorre o efeito platô: quando o organismo acostuma e é preciso alterar pequenas coisas na rotina de alimentação ou exercícios. E enfim, eliminar os quilinhos finais, que são os mais difíceis, geralmente.

Cuidados no uso da bebida

Muitas pessoas utilizam os shakes, tanto Herbalife quanto outras marcas conhecidas no mercado, desde o início do processo de emagrecimento. Porém, este método é praticamente perfeito para perder os últimos quilos, se feito da maneira correta.

De maneira correta, porque muitas pessoas não seguem todas as recomendações e acabam não conseguindo os resultados desejados. É preciso, de vez em quando, abrir espaço para uma alimentação sólida, até porque depois de tanto tempo sem mudança no cardápio, a pessoa provavelmente acaba ganhando o peso novamente. É preciso estar sempre alternando, para que o organismo não acostume e entre no famoso efeito platô.

Incremente a bebida

A perda de peso deve ser gradual e é preciso ter paciência, pois ao perder peso muito rápido, na verdade o que é eliminado não é só gordura, mas também água e músculos. Estes shakes possuem nutrientes necessários para uma alimentação saudável, mas não devem ser a base de uma dieta. Além disso, possuem alto teor de fibras, ajudando no funcionamento do intestino e na saciedade. Desta forma, na próxima refeição a pessoa não estará com tanta fome. Para que não haja a monotonia da dieta e assim, você ate desanime de continuar, experimente combinar o shake Herbalife com frutas, aveia, cereais, entre outros. Assim, o organismo não sente falta da mastigação e você consegue eliminar aqueles últimos quilos indesejados que impedem de chegar no objetivo final de emagrecimento.

#projetomanequim38: na mesma

Cada dia que passa fica mais claro para mim que emagrecer não é mesmo fácil. Mesmo toda regradinha, sem pisar fora da linha durante a semana, não teve jeito: continuei na mesma na balança. A parte boa é que, pelo menos, não ganhei peso. Mas, confesso que dá uma desanimadinha subir na balança e ver que não perdi nada.

E olha que eu fui na academia, hein! Mas, só uma vez. Daqui para frente, acho que enquanto eu não conseguir aumentar essa frequência de exercícios vai ficar cada vez mais difícil de perder peso. Porém, não vou desanimar! Continuo empolgada com a minha meta e procuro me lembrar que nove quilos já foram.

Essa semana eu incluí duas coisas na minha alimentação que acho que valem a pena serem citadas: mini milhos e mini cenouras. São ótimas opções de snacks salgados para comer entre as refeições e contém poucas calorias.

DSC_0021 (2)

Mini cenouras e mini milhos: snacks com poucas calorias

E o melhor é que dá para comer vários, então dá uma boa segurada na fome. Com relação ao resto, continuo no mesmo esquema: dois shakes da Herbalife (substituindo café da manhã e jantar) e pílulas de Goji Berry. Entre as refeições, alterno entre frutas, cookies da Taeq, torradinhas da Equilibri e, agora, os mini vegetais.

Tomara que semana que vem eu volte com melhores resultados. Espero vocês, tá?

PERDA TOTAL (até o momento): 9,1 kg.

Leia também: