Maxicolar e espadrille

Hoje vou postar uma combinação que usei há algum tempo, mas amei de paixão! Deixei salva aqui nos rascunhos e fiquei só esperando um tempinho para postar só para contar uma coisa: tenho pensado mais na hora de me vestir ultimamente. Sempre que possível, procuro incrementar as produções diárias, pensando em combinações mais elaboradas e fugindo do óbvio.

Sei que é bem comum vermos pela internet meninas com looks lindíssmos, montados da cabeça aos pés. Acho maravilhoso! Mas infelizmente não é real. Pelo menos não para mim. Não tenho um closet com opções infinitas e nem compro/ganho roupas de marca toda semana. Não posso ir ao salão de beleza todos os dias e não possuo um cartão de crédito sem limite para comprar todas as it-peças da estação… Tenho que me virar com o tenho no guarda-roupa e pronto.

Além disso, confesso que sou uma pessoa preguiçosa. E se uma combinação com determinada peça de roupa deu certo uma vez, tenho a tendência de pensar imediatamente nela quando quero usar aquela roupa de novo. Não pode! Por isso, tenho me policiado para não pensar mais assim. E sempre tentar achar novas formar de usar uma roupa.

Dito isso, vou contar como foi a escolha dessa roupa. Eu adoro calça jeans! E uso muito porque acho prática demais. Essa do look é uma das minhas favoritas: amo a lavagem mais escura porque emagrece e também curto a cintura mais tradicional. Nem muito alta, nem muito baixa, mas no lugar certo.

Essa blusa foi presente da minha mãe. Ela é linda demais! Com algumas aplicações de fuxico e miçanga – dupla que pode ser bem duvidosa, mas que nesse caso funcionou perfeitamente. Para usá-la, sempre coloco uma regatinha branca por baixo para neutralizar um pouco a transparência. Fica bonito e elegante….

Normalmente, eu colocaria um brinquinho e uma sapatilha e pronto. Mas, não…

Decidi arriscar com esse meu espadrille lindo de morrer. Como pertencem à mesma cartela de cores, os tons do calçado e da blusa deixam o look harmônico. Ainda assim, a sandália dá um charme à produção, que fica mais elaborada do que se eu estivesse de sapatilha. Só precisei descartar a opção mais óbvia e pensar uns minutinhos a mais…

Para escolher os acessórios, usei a mesma teoria. A blusa já tem aplicações e bordados, mas mesmo assim escolhi usar um maxicolar que também seguia a cartela de cores da produção. O brinco mais discreto é perfeito para combinar com acessórios aparecidos. E anel dourado com strass para dar aquela ryqueza necessária… 

Nesse dia até as unhas estavam phynas: nude com pitadas de dourado. E fui em que fiz! Aliás, tenho post sobre elas… Querem?

Anúncios

Um comentário sobre “Maxicolar e espadrille

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s